21 abr 2021

Sinais que indicam a hora de trocar de colchão

Saúde & Bem Estar

Você conhece alguém ou até mesmo você, já ficou mais de 10 anos com um colchão, não é mesmo? Pesquisas indicam que mais de 80% da população estão com o colchão vencido ou é inadequado para seu uso.

No geral as pessoas não conhecem os riscos que um colchão vencido ou ruim traz para sua saúde. Poucas delas sabem que o colchão tem um tempo limite de uso, ou seja, uma data de validade.

Colchões de alta qualidade são desenvolvidos para durar a média de 10 anos, que é o caso da Pellens. Alguns colchões acabam perdendo sua forma muito antes disto, o que compromete a qualidade do seu sono e da sua saúde.

Após muito tempo de uso, é normal que colchões acumulem ácaros, bactérias e poeira, que podem prejudicar a sua saúde, principalmente em pessoas alérgicas.

Diante de todos estes fatores e levando em conta a qualidade de sono e saúde das pessoas, a OMS (Organização Mundial da Saúde), indica a troca de colchões a cada 5 anos.

Essa recomendação não é uma regra, pois depende muito da qualidade de fabricação e da matéria prima utilizada.

Confira alguns indícios que indicam a hora de você trocar de colchão.

Deformidades

As deformidades são um dos principais indícios de um colchão inadequado para uso. Se o seu apresenta afundamento ou demora para voltar à sua forma original depois que você se levanta, é um sinal de que ele já não possui mais a mesma qualidade de antes.

Desconforto

Você acorda frequentemente com a sensação de que está mais cansado do que quando foi dormir ou sentindo dores no corpo? Estes podem ser mais alguns indícios de que o seu colchão já não está mais atendendo à sua função principal, que é garantir uma noite de sono revigorante e confortável.

Perda de qualidade

Quando você comprou o seu colchão, ele era mais resistente e seu corpo não afundava tanto ao se deitar? Saiba que, se ele está mais macio do que deveria ser, você já tem um bom motivo para substituí-lo por um modelo novo. Mau cheiro, manchas e molas rangendo em excesso também são sinais de alerta!

Presença de micro-organismos

Um colchão de espuma pode aumentar em até 20% o seu peso total devido ao acúmulo de micro-organismos e sujeira (aqui, inclui-se: ácaros, bactérias, mofo, poeira, pele morta, fungos, fezes de ácaros, etc.) mesmo aqueles com propriedades antifúngicas.

Esses microvilões, que ficam escondidos em nossos colchões, fazem muito mal para a saúde, principalmente para as pessoas que já são alérgicas ou possuem algum tipo de problema respiratório.

Embora esses micro-organismos não possam ser vistos a olho nu, você pode saber que eles estão presentes no seu colchão se, mesmo mantendo o quarto e as roupas de cama limpas, você costuma acordar com crises alérgicas frequentemente.

Quantos destes problemas listados acima você identifica no seu colchão? Ao menos um já é mais do que suficiente para presentear o seu quarto com um modelo novo. Então, não comprometa a sua saúde e seu bem-estar adiando a hora de trocar de colchão. Passe em uma de nossas lojas para escolher a opção ideal para ter sonos tranquilos, confortáveis e revigorantes, do jeito que você merece.

colchão colchão ortopédico dormir bem dormir melhor qualidade de vida saúde & bem estar sono

Compartilhe

«
»

Comentários


Open chat
Olá! Como podemos te ajudar?