25 ago 2021

Qual a relação do sono e a imunidade?

Saúde & Bem Estar

Segundo especialistas, descansar tem papel fundamental para o bom funcionamento do organismo – e a qualidade do seu colchão é fator determinante para isso.

Com a disseminação do novo coronavírus, uma das questões que não saem da cabeça das pessoas é como manter uma boa imunidade para que, em caso de contaminação, a doença não se agrave. Manter hábitos saudáveis e garantir boas noites de sono são essenciais quando o assunto é qualidade de vida, pois influenciam diretamente no sistema imunológico.

Estudos mostram que o sono e a imunidade estão altamente ligados e possuem relação de reciprocidade. Dormir é extremamente importante para manter o sistema imunológico saudável, pois é durante esse ato que a imunidade se refaz. Uma pesquisa conduzida pela Universidade da Califórnia nos Estados Unidos, indicou que o risco de ficar resfriado é 4,5 vezes maior entre os que dormem menos de cinco horas por dia. Isso significa que aquela velha indicação de especialistas de dormir entre sete e oito horas por dia não é em vão.

É durante o sono noturno que o nosso corpo produz vários hormônios importantes para o organismo, regenera as células de defesa e fortalece o sistema imunológico. Não dormir a quantidade de horas necessária para a sua idade ou não ter um sono de qualidade afeta tanto a saúde do nosso corpo quanto da mente.

Estamos regularmente expostos a uma variedade de vírus e nosso sistema imunológico tem funções protetoras para combatê-los. Para que funcione em sua mais alta performance, selecionamos alguns dicas essenciais para o momento pelo qual estamos vivendo. Confira!

Crie uma rotina diferente

Mudar de rotina nunca foi tarefa fácil, entretanto, para se adequar ao que estamos vivendo é importante estabelecer novos hábitos. Trabalhar em casa, restringir as saídas, cuidar dos filhos, da casa e de outros deveres pode ser difícil no começo. Entretanto, a partir do momento que você conseguir criar uma rotina agradável, tudo ficará mais leve.

Mantenha hábitos saudáveis

Uma alimentação balanceada garante os níveis exatos de vitamina D e devemos sempre manter esse hábito. Evite alimentos industrializados, bebidas alcóolicas e o uso de cigarros – os quais podem agravar ainda mais ou causar problemas respiratórios. Evite também as frituras, opte por comidas leves e nutritivas, que tragam mais vitaminas para o seu corpo e, consequentemente, ajude a prevenir doenças.

Se você já tem hábitos saudáveis, continue assim. Para quem não tem o costume de comer alimentos naturais, ricos em vitaminas e que beneficiam o sistema imunológico, essa é a hora de mudar.

Pratique exercícios físicos

Estudos apontam que a prática de exercícios físicos é uma grande aliada à qualidade do sono e, consequentemente, da qualidade de vida. Quem pratica esportes melhora seu humor, reduz o estresse e depressão, ajuda a manter o peso adequado, melhora os hábitos de sono e aumenta a autoconfiança. Se você já mantém esse hábito, continue a praticar.

Tome sol

A vitamina D é importante para o corpo e se expor ao sol é uma boa maneira de obter esse nutriente. Apenas 20 minutos por dia com os braços expostos aos raios, sem protetor solar, já traz os benefícios da vitamina.

Tenha boas noites de sono

Como já destacado anteriormente, ter boas noites de sono é essencial para o equilíbrio do organismo e o fortalecimento do sistema imunológico. E para conseguir ter um descanso saudável, é muito importante que tanto a cama quanto os travesseiros sejam confortáveis e ideais para o seu tipo físico e gosto pessoal.

Ao dormir, dê preferência à postura lateral que é a mais recomendada pelos ortopedistas. Faça o uso de dois travesseiros, sendo um para cabeça e outro entre os joelhos, que deverão estar semiflexionados.

Para dormir bem, conte com um bom colchão

Passamos de sete a oito horas por dia deitados em colchões. Quando eles são muito macios, duros ou disformes, causam um desalinhamento da coluna como um todo. Cifose, escoliose e lordose podem ser causadas por colchões inadequados, provocando dores nas costas e desconforto durante o sono. Colchões de boa qualidade ajudam na restauração das energias do organismo.

Ter um sono de qualidade é mais importante do que a quantidade de horas dormidas. Investir em um bom colchão é investir em qualidade de vida que traz benefícios a curto, médio e principalmente em longo prazo. Ao realizar a compra, observe sempre a estimativa de vida útil de um bom colchão, como é o caso dos colchões Pellens, que são cuidadosamente desenvolvidos para que durem a média de 10 anos sem perder a forma.

Lembre-se, hábitos saudáveis e boas noites de sono devem estar presentes em todos os momentos da vida. Siga nossas dicas e melhore sua qualidade de vida, e consequentemente, a sua imunidade!

colchão conforto dormir bem dormir melhor pellens qualidade de vida saúde saúde e bem estar

Compartilhe

«

Comentários


Open chat
Olá! Como podemos te ajudar?